Terminei a faculdade, e agora?

Uma coisa que grande parte das pessoas que termina uma faculdade se pergunta é: – Terminei a faculdade, e agora?

Fonte da Imagem: www.pixabay.com

Não que não sabemos o que queremos ou vamos fazer daqui para a frente, talvez, seja apenas uma pequena insegurança que temos assim que finalizamos uma etapa em nossas vidas.

Sempre me perguntei o que faria da minha vida quando eu terminasse meu curso superior, e por incrível que pareça, não tenho uma resposta para essa pergunta até agora. Não que eu não tenha parado para pensar no que quero fazer da vida de agora em diante, simplesmente ainda tenho milhares de ideias na cabeça. Talvez seja insegurança natural de uma recém formada ou talvez seja a pressão familiar.

Não sei se é assim com todo mundo, mas minha família sempre quis tomar decisões por mim. Tudo o que eu queria fazer, passava pelo julgamento da família primeiro e na maioria das vezes, me diziam que eu não tinha “capacidade” para fazer o que eu queria. Sempre me senti muito julgada, muitas vezes nem me sinto dona da minha própria vida!

Agora que terminei meu curso universitário, quero mudar totalmente o rumo da minha vida! Quero ter a oportunidade de escolher o que quero fazer e se eu errar, aprender com meus próprios erros!

O que todo mundo precisa saber é que:

  • Nem todo mundo tinha 100% de certeza do que queria fazer quando terminou a faculdade;
  • Muitas pessoas passaram por vários empregos antes de achar o ideal;
  • Não é porque você terminou um curso universitário, que não precisa fazer outro. Se você quiser começar outro curso superior, qual o problema?;
  • As decisões são suas, e cabe a você tomá-las. Não deixe que ninguém te diga que você não tem capacidade para realizar determinada tarefa ou ir atrás do seu sonho;
  • A vida é sua e será você quem terá que conviver com suas escolhas. Então arrisque, tome decisões e não tenha medo de errar!

Muitas pessoas acham que não podemos errar, que não estamos sujeitos a erro. A vida não é assim e nem sempre estaremos certos. Já ouviu aquela frase “errar é humano”? Então, se você escolher um curso universitário que não seja o que a maioria escolheu ou uma profissão que não tem muita demanda de emprego, não se sinta mal. Se escolher um curso que tem pouca demanda de emprego no mercado, seja o diferencial!

Ninguém nasce sabendo. Aprendemos com nossas experiências! Então, se sinta feliz com o emprego que conseguiu e o curso que escolheu, e se você não se sentir feliz, não tem problema, comece de novo! Escolha outro curso e até mesmo outro emprego que te faça mais feliz!

Vou terminar esse bate papo com uma frase que eu adoro:

Não deixe o barulho da opinião dos outros abafar sua voz interior. E mais importante, tenha a coragem de seguir seu coração e sua intuição. Eles de alguma forma já sabem o que você realmente quer se tornar. Tudo o mais é secundário. – Steve Jobs

Beijinhos e até breve!

Deixe uma resposta